25/07/2016

Comemorações das Bruxas #7: Imbolc (Candlemas), Festa do Fogo ou Noite de Brigit.


Imbolc (pronuncia-se im-bulk ou em-bowlk) é comemorado aqui no hemisfério sul em 30 de julho/1 de agosto, e no hemisfério norte é em 2 de fevereiro. Se você ainda não sabe o que é a Roda do Ano, clique aqui.
É o Festival da Agricultura em homenagem à Deusa Brigit, dedicado ao aumento da luz, com o final do inverno e o despertar das sementes sob o solo, simbolizando os primeiros sinais de vida, garantindo à fertilidade dos campos e a renovação das esperanças. É a promessa do Imbas, a inspiração sagrada!
Imbolc é a época onde celebramos o retorno do Sol (nascido em Yule), que cresce dia-a-dia, mas que ainda não ganhou força suficiente para banir de vez o frio do inverno.
Esse festival é marcado pela transformação das energias, ideal para se fazer planos, projetos, iniciações e abertura de novos caminhos, além de purificar sua casa, promovendo a cura e a renovação, tanto material como espiritual. Este é um festival alegre e muito iluminado!

O Deus está crescendo e se tornando mais forte, para trazer a Luz de volta ao mundo. É hora de pedirmos proteção para todos os jovens, em especial à nossa família.
Devemos mentalizar que o Deus está conservando sempre viva dentro de nós a chama da saúde, da coragem, da ousadia e da juventude.

O inverno ainda não foi embora, mas a vida floresce e ganha força.
As coisas não acontecem diante de nossos olhos, mas já estão lá, lentamente, pulsando, esperando o momento certo para vir à tona.
A Deusa vagarosamente recupera-se do parto, e acorda sob a energia revigorante do Sol.
Esse é o também chamado Festival das Luzes, em que se acendem velas por toda a casa, mais especialmente nas janelas, para anunciar a vinda do Sol e mostrar ao menino Deus seu caminho.

Brigid é a Deusa Mãe, que agora a alimenta o Filho-Sol a quem recentemente deu à luz. No entanto, ela voltou também a ser virgem e perambula no Mundo Subterrâneo, preparando-se para devolver a fertilidade e a abundância à terra.

As celebrações neopagãs do Imbolc servem por isso como um convite à Deusa, para que volte a viver no nosso Mundo e sobre ele espalhe as suas bênçãos.


Correspondências

Outros nomes: Oímealg,Oimelc e Candlemas;
Ervas: angélica, manjericão, louro, benjoim, urze, orégano, canela, mirra e flores amarelas;
Cores: branco, laranja, vermelho, Rosa, amarelo, verde, marrom;
Alimentos e bebidas: vinho bem forte. leite, cerveja, chás, pães e comidas à base de leite, pimenta, queijos;
Símbolos: cor branca, amarelo e azul, flores frescas, leite e caldeirão com água, vassoura, cruzes de Brigid;
Incensos: sândalo, cravo, canela, alecrim, olíbano, mirra e violeta;
Divindades de Imbolc: Todas as deusas na face da Dozela: Brighid, Aradia, Athena, Inana, Gaia, e Februa. E deuses do amor e da fertilidade: Aengus Og, Eros e Februus.
Pedras: ametista, granada, rubi, onyx.


Coisas para fazer em Imbolc


  • Deixe oferendas de queijo e pão para a natureza.
  • Prepare canteiros de flores para a chegada da primavera (Ostara em setembro/ h.sul).
  • Limpe a casa queimando incenso de alecrim ou de mirra.
  • Varra a casa com uma vassoura mágica.
  • Queime velas brancas nas janelas e em torno da casa.
  • Polvilhe o seu altar com as sementes de girassol para a vinda da primavera.
  • Confeccione uma varinha.
  • Faça decoração com galhos.
  • Um costume típico de "Lá Fhéile Bríde" é plantar uma árvore frutífera.
  • Nesta noite, as bruxas colocam velas cor de laranja ao redor do círculo, e uma vela acesa dentro do caldeirão. Se o ritual é feito ao ar livre, podem-se fazer tochas e girar ao redor do círculo com elas. 
  • Aproveite, também, os benefícios curativos das águas dos rios e das fontes. Na Irlanda há várias nascentes e poços dedicados à Deusa Brighid. A água representa um portal para o Outro Mundo, um local de cura e fonte de sabedoria.
  • Faça poesias ou cante em homenagem a Brigit. 
  • Pedidos, agradecimentos ou poesias devem ser queimados na fogueira ou no caldeirão em oferenda, no fim do ritual. 
  • O altar deve ser enfeitado com flores amarelas, alaranjadas ou vermelhas.


(arte de vanessavalkyria)

Fazendo a Cruz Solar de Brigid

Confeccione a Cruz Solar de Brighid, com palha de trigo, junco ou qualquer outro material natural e flexível. Ritual que, simbolicamente dá boas-vindas à esperança do amanhecer primaveril, que para os celtas era representado pelo nascimento das primeiras ovelhas, assim como, a celebração da Grande Mãe que dá à luz e com seu leite sagrado, alimenta a nova vida.
Para facilitar o manuseio dos ramos de trigo, deixe-os de molho em água gelada por volta de meia hora. Esse antigo costume é derivado de uma cerimônia pré-cristã, relacionada com a preparação das sementes na primavera. Use galhos flexíveis e siga as instruções desse vídeo, ou desse outro.


Banho de Imbolc

Vai precisar de:
- 1 xícara de leite integral em pó;
- ½ xícara de mel;
- óleo de côco;
- grandes pedaços de casca de limão;
- óleo essencial de lavanda;
- óleo essencial de sálvia;

Como fazer:
Acenda velas brancas enquanto prepara o banho.
Pegue uma panela com água e coloque para ferver. Lentamente adicione o leite em pó, e misture com a água até dissolver. Em seguida, adicione o mel, o óleo de coco e cascas de limão.
Acrescente os óleos essenciais aos poucos. Ao terminar, coe (tire as cascas de limão), coloque o banho numa bacia e leve uma caneca junto.

Ao começar o banho,  pense sobre as questões do ano passado que ainda prendem a sua vida, e que você não as quer nos meses em diante. Visualize a energia purificadora da água fluindo através de seu corpo e preparando-a para os próximos dias.


Celebrando Imbolc

Arrume o altar, acenda as velas e incenso, e trace o Círculo.
Invoque a Deusa e o Deus. Diga palavras como as seguintes:

"Este é o momento da festa das Tochas, 
Quando cada Lamparina Ilumina e Brilha 
Para saudar o renascimento do Deus. 
Eu celebro a Deusa, Eu celebro o Deus; 
Toda a Terra Celebra sob o seu Manto de sono.''

Acenda a vela laranja e a vela vermelha sobre o altar. Caminhe lentamente no círculo no sentido horário, tendo a vela à tua frente. Diga estas palavras ou semelhantes:

"Toda a terra está envolta no inverno. 
O ar é refrigerado e o gelo encobre a Terra. 
Mas o Senhor do Sol, Chifrudo
Um dos animais e lugares selvagens, 
Invisível e agora é tido renascido 
Da graciosa Deusa Mãe, 
Senhora de toda fertilidade. 
Salve Grande Deus! 
Saudações e bem-vindo!''

Pare diante do altar, erguendo a vela. Olhe para a sua chama. Visualize sua vida florescendo com criatividade, com renovada energia e força.  Se você precisar olhar para o futuro ou passado, agora é o momento ideal. Obras de magia, se necessário, podem seguir adiante. O momento é agora! Celebre o banquete de forma simples e com amor.
Ao final de todos os rituais, não se esqueça de agradecer e fechar o círculo.



3 comentários:

  1. Seria então dia 31 de julho/1 de agosto certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas bruxas comemoram entre 30 a 1 de agosto.

      Excluir
  2. Queria ter feito mais coisas, mas acabei só acendendo um incenso e velas laranjas e vermelhas. Mas ficou lindo tudo queimando junto, realmente foi uma festa do fogo aqui em casa <3

    www.vultuspersefone.blogspot.com

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo