25/02/2016

Aprendendo a se defender de Ataques psíquicos: Como identificar e se proteger #1

Arte de: Smaashley
Sabe aquela sensação estranha de sentir algo "pesado" quando se está perto de alguém? Ou quando sente o ambiente pesar, o lugar parecer ficar mais denso quando alguém chega? Sente uma inibição, quase como se perdesse o controle das próprias ações? Cuidado! Você pode estar em contato com o que o ocultismo entende como Vampiros Psíquicos. Mas o que são eles? Na verdade, todos nós podemos ser vampiros psíquicos, afinal, somos seres feitos de energia que podem tanto captar influências de outrem, quanto liberar influências. Dessa forma, possuímos total responsabilidade sobre a maneira como agimos ou respondemos o Universo. Por um outro lado: podemos liberar energias sem percebermos. MileniumM, escritor brasileiro de Defesa psíquica e espiritual - A arte de combater o invisível, explica em seu livro que:

"Somos seres holísticos, o que significa dizer que,a cada vez que analisamos uma fração do nosso ser completo, uma parcela de nossa energia, tudo está presente e representado nessa fração "

Ou seja, estamos em totalidade com o Universo e essa totalidade que exprime quem somos, através do campo eletromagnético do nosso corpo, o que chamamos de Aura. A Aura possui cores e densidades diferentes (aprenderemos a fundo nos próximos post's sobre), é ela quem carrega as informações do indivíduo durante toda a encarnação, sendo uma carga de energia muito poderosa.  Cuidando da sua aura e da aura de alguém ou algo ( pai, mãe, namorado, marido, filhos e até seus bichinhos, plantas e objetos) já começará por praticar sua auto defesa. Mas antes de falar de exercícios, vamos falar sobre os sintomas:

Eu já sofri dois ataques de pessoas próximas a mim, por isso optei por colocar os sintomas que eu senti, mas existem diferentes formas de ataques psíquicos, e também diferentes sintomas, mas deixarei isso também para o próximo post, pois estou fazendo um apanhado muito extenso de conteúdo pra fazer algo completo pra vocês ♥♥♥.
  •  Falta de ar;
  • Confusão mental;
  • Fraqueza;
  • Ar pesado;
  • Tontura;
  • Tristeza profunda e muuuita vontade de chorar sem motivo;
  • Também senti como se a energia de todos a minha volta estivessem bagunçadas e descontroladas.
Como alguém que já sofreu isso, posso dizer que é horrível a sensação, no meu caso eu não sabia o que estava acontecendo, me faltava muito ar pra dizer alguma coisa, tive que me segurar pelas cadeiras do restaurante onde eu estava (e onde eu fui atacada) pra sair dali por um tempo enquanto arfava descontroladamente, nenhuma das pessoas que estava comigo entendeu, tampouco a pessoa a qual me atacou, mas depois me senti tão fraca que precisei me deitar. Esse dia foi um dos piores que vivi, mas agora tanto você quanto eu aprenderemos a nos proteger e saber lidar com tudo isso. Conhecendo a nós mesmos e lidando com a nossa e a totalidade dos outros, aprenderemos a manter a calma, mesmo estando sendo atacadas por aqueles quem amamos.

Te espero aqui no próximo post ^^


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo